segunda-feira, 15 de junho de 2009

Doctor Gratiae

Muito bem Malu. É mesmo a coroação de Carlos Magno em Roma, pelo papa Leão III, no Natal de 800. E terá sido neste acto que teve origem o Sacro Império Romano-Germânico, que tantas dores de cabeça terá dado ao papado. Dizem que Carlos Magno terá sido um "genial analfabeto". Consta que foi ele, sem saber ler nem escrever, que inventou a escola.
***

Quanto ao senhor que parece estar à espera do café e a ler o jornal, podes chamar-lhe Águia de Hipona ou Doutor da Graça. É na verdade um afresco de Botticelli, representando Santo Agostinho, mas como se fosse um homem da renascença (ver vestes e a decoração do estúdio). Coisas de gente iluminada! Se quiseres uma coisa mais actualizada, repara bem na imagem e verás o génio a blogar. Estão ou não estão sempre na vanguarda da tecnologia estes Doutores da Igreja?! Como curiosidade diga-se que a Igreja Ortodoxa festeja hoje este santo.

Nota: juro que ainda hei-de entregar o tal prémio, nem que seja à força (força do espírito, bem etendido!). Se quiserem tratar disso mais em privado aqui vai um endereço de correio electrónico: jamvaz@aeiou.pt. Shalom.

4 comentários:

malu disse...

:)

Mas como é que eu fui falhar em S. Agostinho? :( Tanto ele como eu, temos Sto. Ambrósio como grande responsável pela nossa conversão. Ele, com a vantagem de ter uma mãe santa - Sta. Mónica, (ou mais santa que a minha), que não se poupou a esforços para isso. Sou-lhes devota!

A imagem está demais e bem a gosto de Bento XVI que é todo pelas novas tecnologias na evangelização. E assim, the winner... could be you, bem merecido eh eh que uma aranhona monstra com três patas a menos não me dava jeito nenhum, mas o aprelhómetro que não me parece nada bronco...hmmmm...

Obrigada J. Vaz, foi um excelente desafio, venham mais! E daqui, vai um forte abraço.

Nora: Que é isso...? O prémio é meu, é meu! :p

José A. Vaz disse...

gostava de saber essa história com o sto. ambrósio, homem de altas teologias e verbo arrebatador.
ok. o prémio é teu, mas como é que eu o entrego? nem com novas tecnologias? talvez um triplo milagre de helena, ambrósio e agostinho, milícia de peso!
shalom e talvez um beijinho, ok?

malu disse...

isto não são bem horas de contar histórias e esta é um bocado estranha, mas lá vai: Alguma vez em criança, hei-de ter ouvido o nome "Ambrósio" e ficou-me cá por ter achado invulgar e engraçado. Depois, e por tudo e por nada, também ouvia muito dizer: "Ai valha-me Jesus!", "ai valha-me Santa Rita", "ai valha-me a Mãe de Cristo", "Nossa Senhora!", "São Judas Tadeu!" e cada um com o seu. Então quis eu adoptar também um santo para essas situações e vai que à primeira me saiu Ambrósio e a coisa ficou. Sto. Ambrósio para tudo e mais alguma coisa e até que um dia dei com Sto. Agostinho e fiquei a saber que também ele dera com ele e foi por aí a minha conversão.

Verbo arrebator, como diz, muito bom orador e por onde começou Sto. Agostinho, não foi? Ia ouvi-lo e o resto sabe o J. Vaz. Depois fui eu que comecei a ler Sto Agostinho, e o Santo X, Y... e aqui ando eu.

Agora quanto ao prémio, esses ganham-se, se não, são presentes e, por ter falhado precisamente neste santo é que não posso mesmo recebê-lo (valha-me Sto. Ambrósio..)

Shalom e ok, um beijinho.

'brigadinha na mesma com a promessa de continuar a portar-me bem!

a palavra a seguir (castigo) é: xiunsk. Se souber o que quer dizer, ganha 1 prémio!

Artur disse...

´brigadinho pelo peixe. garanto-lhe um destino aprimorado na brasa, acompanhado por um bom vinho verde.

continuação de bons passeios na cidade que alguém já apelidou de moveable feast!